FELIZ ANO NOVO!

Sempre que o ano começa é muito comum  desejar felicidades, fazer planos e pensar nas mudanças... Os três aspectos estão interligados. A felicidade não acontece por acaso. Nada de "deixa a vida me levar" ou "o acaso vai me proteger". Precisamos planejar como queremos o ano e o que vamos fazer para que aconteça conforme desejamos. Se desejamos um ano melhor, vamos precisar de mudanças nas ações e atitudes que tivemos no ano que termina.
Um livro que li este ano traz informações relevantes para quem deseja realizar suas metas no novo ano: METAS que desafiam - A ciência dos feitos extraordinários.
Não vou resumir o conteúdo, não seria tão pretensioso e o mais legal é você ler o livro. Tem uma frase do Ziraldo que justifica isso: "Quem não lê só sabe o que as pessoas contam". Portanto, é melhor ler o livro e aí você vai saber que as Metas precisam de SAND.
BOA LEITURA E FELIZ ANO NOVO!

1 em cada 4 alunos está no pior nível em português

11 de dezembro de 2014

Maioria tem nota inadequada no Ensino Fundamental público na Prova Brasil

Fonte: Folha de S. Paulo (SP)

Um em cada quatro Alunos do 5º e do 9º anos do Ensino fundamental público está no nível mais baixo na avaliação nacional de português. Para os estudantes mais novos, na casa dos 10 anos de idade, significa que eles não conseguem identificar o personagem central de uma fábula ou reconhecer o assunto principal de uma reportagem.

Eles tiraram nota abaixo de 150 --em uma escala que vai a 500. O mínimo esperado seria de 200, segundo análise de especialistas da área. A situação refere-se a Alunos em Escolas estaduais e municipais, que concentram 85% das matrículas do país.

Comentários:
Isto é um grande desperdício de potencial. Esta falha na educação básica pode trazer sérios danos na formação e na vida destes alunos, Precisamos mudar isso urgentemente e este Blog vem indicando caminhos comprovados na minha experiência de 20 anos na área de educação, 
Vamos reforçar alguns pontos nas próximas postagens,  mas a sua contribuição é importante, pois a solução deste grave problema requer a participação de todos pela educação.